Dízimo

O que é? | Para que serve? | O dízimo está na bíblia? | Como ser um dizimista? | Oração do dizimista | Obras que o dizimista colabora

O QUE É DÍZIMO?

Sabemos que tudo pertence a Deus, nós estamos aqui apenas para cuidar do que Ele nos deu.

Ser dizimista é estar comprometido com Deus e com a Igreja que você participa, sua contribuição deve ser consciente, cheia do mesmo amor de Deus por nós.

O dízimo não é um pagamento, mas sim uma devolução de uma pequena parte de tudo que Deus nos dá, suas graças são infinitas, não têm valor e não há dinheiro nenhum que compre.

PARA QUE SERVE?

A missão do dizimista é principalmente evangelizar, mesmo que não possa ou não saiba anunciar a Palavra de Deus. A fé e consciência de ofertar tornam-se uma ação, agir é um ato que complementa a oração do Cristão.

Além disso, essa contribuição ajuda a manter e cuidar das necessidades da Igreja, do templo de oração.

Com o dinheiro do dízimo se compram as velas para o altar, os cálices, os livros e folhetos litúrgicos, paga-se conta de luz, água, telefone, funcionários e muitas outras despesas.

O dízimo que você oferece, de qualquer valor, se transforma em Evangelho, manutenção da sua Igreja, ajuda as pessoas desprovidas e as outras comunidades carentes. Enfim, ajuda na missão de colaborar na construção do Reino de Deus.

O DÍZIMO ESTÁ NA BÍBLIA?

Existem várias passagens bíblicas sobre o dízimo.O quinto mandamento da Igreja nos convida a viver a graça da doação: “Pagar o dizimo segundo o costume. “

Honra o Senhor com os teus bens …” Provérbios 3, 9-10

“Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça e a ferrugem consomem e onde os ladrões não minam nem roubam, porque onde estiver o vosso tesouro aí também estará o vosso coração.” Mateus 6, 19-21

“Dê cada um conforme o impulso do seu coração, sem tristeza nem constrangimento. Deus ama o que dá com alegria, poderoso é Deus para cumular-vos com toda espécie de benefícios, para que tendo sempre e em todas as coisas o necessário, vos sobre ainda muito para toda a espécie de boas obras.” 2Corintios  9,7-8

5º mandamento: “contribuir com as necessidades da Igreja”

COMO SER UM DIZIMISTA

Para se tornar um dizimista é muito simples.

Caso já queira fazer sua primeira contribuição, preencha com seus dados, o carnê que está à disposição na Secretaria Paroquial.

Após isso você receberá um canhoto com o número do seu carnê, o dia e valor da contribuição, no mês seguinte quando voltar a fazer sua contribuição é só pedir o número do carnê.

O dia da oferta do dízimo pode ser feito em qualquer dia e horário que a secretaria esteja aberta. Se por algum motivo você parou de contribuir, pode voltar sem problemas e começar novamente. Ninguém julgará você ou sua contribuição, pois só Deus sabe o que se passa no coração e na vida de cada um.

 

ORAÇÃO DO DIZIMISTA

Recebei, Senhor, a minha oferta.

Ela não é uma esmola, porque não sois mendigo.

Não é apenas uma contribuição porque não precisais dela.

Não é o resto que me sobra que vos ofereço.

Esta importância, Senhor, representa a minha gratidão e o meu reconhecimento,

pois se tenho algo, é porque Vós me destes.

Amém!

OBRAS QUE O DIZIMISTA COLABORA

Vamos descrever aqui todos os projetos e assistências de nossa Catedral. Para que você possa saber o quanto sua contribuição é importante.